Não categorizado

SUPERAR PRINCIPAL OBSTÁCULO NO DESENVOLVIMENTO DE DROGAS CONTRA A FIBROSE CÍSTICA

superar principal obstáculo no desenvolvimento de drogas contra a fibrose cística

Encontro:
18 de fevereiro de 2016
Fonte:
Universidade de Tecnologia de Eindhoven
Resumo:
Em pessoas que sofrem de fibrose cística a proteína CFTR não está localizado no lugar certo em células produtoras de muco: ela permanece no interior da célula, enquanto que deve ser na parede celular. Essas células secretam um muco difíceis com consequências graves. No entanto, os investigadores têm agora conseguido conduzindo a CFTR para as paredes celulares.
Compartilhar:
HISTÓRIA COMPLETA

Pesquisadores da Universidade de Tecnologia de Eindhoven e da Universidade McGill, em Montreal (Canadá) tomaram um passo importante para o desenvolvimento de um medicamento contra a fibrose cística. Em pessoas que sofrem desta doença a proteína CFTR não está localizado no lugar certo em células produtoras de muco: ela permanece no interior da célula, enquanto que deve ser na parede celular. Essas células secretam um muco difíceis com consequências graves. No entanto, os pesquisadores conseguiram conduzir a CFTR para as paredes celulares. Seus resultados são publicados esta semana na importante revista científica PNAS .

O corpo humano produz muco, que cumpre funções-chave em todos os tipos de lugares. Por exemplo, muco ajuda a remover as substâncias e bactérias que inspira. O muco também transporta agentes digestivos ou enzimas do pâncreas para o intestino delgado. Se o muco é difícil, é menos capaz de eliminar substâncias residuais. O muco também tenderá a acumular-se em diferentes órgãos, com consequências desastrosas. A expectativa de vida de alguém que sofre de fibrose cística é de cerca de 40 anos.

Os pesquisadores conseguiram isolar uma característica fundamental da doença em laboratório. Em cerca de setenta por cento da população caucasiana com a doença, a causa foi encontrada ser a de que a proteína ‘transmembranar da fibrose cística regulador da condutância’ (CFTR) contém anomalias, e por isso mantém-se no interior da parede da célula. Já se sabia que um tipo diferente de proteína, chamada 14-3-3, o qual está presente naturalmente nas células de indivíduos saudáveis, desempenha um papel no transporte de CFTR a parede da célula. Os cientistas descobriram uma substância, fusicoccin-A ocorrência natural, que pode, no entanto, garantir que este transporte não ter lugar.

Se uma droga pode ser desenvolvido para deter fibrose cística ainda continua a ser visto. Em primeiro lugar, os investigadores têm a ver se a CFTR mutante, que está contido na parede celular, ajuda a produzir muco líquido e quanto. Em seguida, eles terão de encontrar uma alternativa ao fusicoccin-A, com o mesmo efeito de cura e propriedades óptimas de drogas, uma vez que fusicoccin-A tem um número de propriedades que não predispor para ser um fármaco apropriado: a solubilidade, por exemplo, é não custos ideais e de produção são elevados.

Diferentes empresas já demonstraram interesse nos resultados.


Fonte da história:

O post acima é reproduzido a partir de materiais fornecidos pelaUniversidade de Tecnologia de Eindhoven . Nota: Os materiais podem ser editadas para o índice e comprimento.


Jornal de referência :

  1. Loes M. Stevers, Chan V. Lam, Seppe FR Leysen, Femke A. Meijer, Daphne S. van Scheppingen, Rens MJM de Vries, Graeme W. Carlile, Lech G. Milroy, David Y. Thomas, Luc Brunsveld, Christian Ottmann .Caracterização e pequena molécula estabilização da ligação entre 14-3-3 eo domínio R de CFTR conjunto multisite . Proceedings of the National Academy of Sciences , 2016; 201516631 DOI: 10.1073 / pnas.1516631113

Cite esta página :

Universidade de Tecnologia de Eindhoven. “Chave superar obstáculo no desenvolvimento de drogas contra a fibrose cística.” ScienceDaily.ScienceDaily, 18 de fevereiro de 2016. <www.sciencedaily.com/releases/2016/02/160218114849.htm>.

Compartilhe esta página:

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s