Não categorizado

SANGUE OCULTO NAS FEZES

SANGUE OCULTO NAS FEZES

Posted: 25 Apr 2013 03:48 PM PDT

A pesquisa de sangue oculto nas fezes é um exame laboratorial feito com o intuito de detectar a presença de quantidades mínimas de sangue nas fezes, pequenas o suficiente para não poderem ser vistas a olho nu.

Neste artigo vamos abordar os seguintes pontos sobre a pesquisa de sangue oculto nas fezes:

  • O que é o exame de sangue oculto nas fezes.
  • Para que serve a pesquisa de sangue oculto nas fezes.
  • Como é feito o exame de sangue oculto nas fezes.
  • O que significa sangue oculto nas fezes positivo.

O que é o exame de sangue oculto nas fezes

Como o próprio nome do exame diz, a pesquisa de sangue oculto nas fezes tem como objetivo identificar a presença de sangue em fezes que são aparentemente normais. Definimos sangue oculto como aquele que só poder detectado através de análises laboratoriais.

O exame de sangue oculto é feito através da mistura das fezes colhidas com reagentes químicos específicos. O método de guaiaca é o classicamente usado e consiste em envolver um pouco de fezes com um papel embebido com uma solução reagente. Se houver hemoglobina (proteína presente nos glóbulos vermelhos) nas fezes, o reagente muda de cor, ficando azulado. Esta forma de pesquisar sangue oculto consegue detectar sangramentos mínimos, como perdas de apenas 10ml de sangue ao longo do dia.

Atualmente, porém, há exames mais modernos para a detecção de sangue nas fezes, como os testes imunológicos, que consistem no uso de anticorpos contra hemoglobina humana. Esses testes são mais sensíveis e conseguem detectar sangramentos mínimos, menores que 1ml. Outra vantagem é o fato deste exame só detectar fração globina da hemoglobina humana, não havendo risco de falso positivo com alimentos à base de carne ou com sangramentos do trato digestivo alto (sangue vindo da boca, esôfago, estômago ou duodeno são digeridos e não são detectado com esta técnica).

Exames à base de DNA também podem ser usados, mas seu uso ainda é muito recente e não está amplamente disponível.

Para que serve a pesquisa de sangue oculto nas fezes

A pesquisa de sangue nas fezes pode ser usada para investigar anemias de causa desconhecida, mas o seu maior uso é para o rastreio do câncer de cólon.

Idosos frequentemente têm pequenos, mas constantes, sangramentos do trato gastrointestinal, que são suficientes para provocar uma anemia por carência de ferro (leia: ANEMIA FERROPRIVA | Carência de ferro), mas são pequenos demais para serem notados nas fezes. Nestes pacientes, a pesquisa de sangue oculto serve para ajudar na identificação da origem da anemia.

O método de guaiaca é capaz de reconhecer a presença de sangue vindo de qualquer ponto do sistema digestivo, desde a boca até o ânus. Um teste de sangue oculto positivo pode ser um sinal de lesão do estômago, como úlcera péptica (leia: DOR NO ESTÔMAGO | DISPEPSIA) ou mesmo tumores.

Entretanto, como já referido, a principal indicação do exame de sangue oculto nas fezes é para o rastreio do câncer de cólon. Um tumor no cólon provoca discretas perdas de sangue muito antes de qualquer outro sintoma. O teste oculto de sangue nas fezes também pode detectar a presença de pólipos intestinais adenomatosos, que são lesões precursoras do câncer, permitindo que o médico faça o diagnóstico de malignidades do intestino grosso muito precocemente, antes que haja qualquer risco de surgirem metástases (leia: PÓLIPOS INTESTINAIS | Sintomas e tratamento).

O método imunológico detecta apenas sangue vindo do intestino grosso, sendo mais útil para o rastreio do câncer de cólon, já que não apresenta tantos resultados falso positivos quanto o método de guaiaca.

Um resultado positivo na pesquisa de sangue oculto nas fezes indica a realização de um procedimentos diagnósticos mais específicos. Se a suspeita for de sangramento do trato digestivo alto (esôfago, estomago ou duodeno), o paciente deve ser submetido à endoscopia digestiva alta (leia: ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA). Se a suspeita for de lesões no cólon, a colonoscopia é o exame a ser indicado (leia: EXAME COLONOSCOPIA).

A realização do rastreio para o câncer de cólon costuma ser iniciada a partir do 50 anos. Pessoas com parentes com história de câncer de cólon devem começar a fazer rastreio quando tiverem 10 anos a menos do que seus familiares tinham no momento do diagnóstico. Por exemplo, se o seu pai teve câncer de cólon aos 54 anos, o seu rastreio deve ser iniciado aos 44 anos.

Como é feito o exame de sangue oculto nas fezes

Exame de sangue oculto nas fezes
Pesquisa de sangue oculto nas fezes – método de guaiaca

Uma vez que os cânceres colorretais não sangram o tempo todo, mais de um teste costuma ser indicado para aumentar a sensibilidade do exame. Em geral, o médico solicita pelo menos 3 amostras de fezes em 3 dias diferentes. Desta forma, tumores e pólipos que sangram de forma intermitente são mais facilmente detectados. Já existem kits à venda em farmácia que permitem a realização do teste em casa, inclusive do método com pesquisa de DNA. Geralmente, os kits são feitos para que você colha o material em casa e depois o envie para o laboratório. Há kits, porém, que dão resultados quase que imediatamente, não sendo necessária a ida a um laboratório.

Se o método escolhido for o de guaiaca, é preciso haver um certo preparo para reduzir a chance de resultados falso positivos. O teste de guaiaca detecta a presença da fração heme da hemoglobina, que é capaz de viajar pelo estômago e intestinos sem ser destruída. Isso significa que carnes ingeridas recentemente (carnes costumam conter a fração heme) podem ser a causa de uma resultado falsamente positivo. Outros alimentos, principalmente os ricos em ferro, também podem conter substâncias que são confundidas com a fração heme da hemoglobina.

Portanto, alguns alimentos devem ser evitados nas 48-72 horas que antecedem a pesquisa de sangue oculto nas fezes. São eles:

- Beterraba.
- Brócolis.
- Melão.
- Cenoura.
- Couve-flor.
- Pepino.
- Peixe.
- Toranja.
- Raiz-forte.
- Cogumelos.
- Aves.
- Rabanete.
- Carne vermelha.
- Nabo.
- Alimentos ou bebidas enriquecidas com vitamina C.

Alguns medicamentos também podem atrapalhar o resultado do exame, como aspirina ou anti-inflamatórios.

A pesquisa de sangue oculto nas fezes pelo método imunológico ou por DNA não precisam de preparo dietético.

O que significa sangue oculto nas fezes positivo

Uma pesquisa positiva pelo método de guaiaca indica que a exame detectou a presença da fração heme nas fezes. Isso pode ser devido a um sangramento vindo de qualquer ponto do trato digestivo, incluindo sangramentos gengivais. O teste positivo também pode indicar um mau preparo dietético antes do exame.

Alguns estudos mostram que apenas 1 em cada 50 testes positivos pelo método guaiaca é devido a um câncer do cólon. Portanto, este método é mais confiável quando o resultado é repetidamente negativo, tornando o risco de haver um câncer de cólon muito baixo.

A pesquisa de sangue oculto pelo método imunológico é atualmente o método de escolha para iniciar o rastreio do câncer de cólon, pois além de ser capaz de detectar volumes menores de sangue nas fezes, a sua taxa de falso positivo é bem mais baixa.

É bom sempre ter em mente que a pesquisa de sangue oculto nas fezes é um exame inicial de investigação. um resultado positivo não necessariamente indica a presença de um tumor, e um exame negativo não o descarta completamente. Os resultados apenas orientam o médico sobre qual direção a investigação deve seguir.

About these ads
Padrão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s